busca


home | patologias | atendimento | contato

Câncer de Boca

Aspectos Clínicos

O tipo mais comum de câncer da boca é o carcinoma de células escamosas (ou epidermoide). Entre os tipos menos comuns  estão tumores malignos das glândulas salivares, melanoma, linfomas, neoplasias do tecido ósseo e conectivo (conjuntivo), alguns tipos de tumores odontogênicos, carcinoma maxilar antral, neoplasias metastáticas (do peito, pulmão, estômago ou do fígado) e o sarcoma de Kaposi.
 
Os tumores malignos são pleomórficos (várias formas ) nas suas manifestações clínicas. O carcinoma epidermóide representando cerca de 94 a 96% dos casos geralmente aparece como uma ulceração (ferida) com as bordas elevadas e base endurecida. Pode apresentar-se também com coloração branca e/ou vermelha. Essa ferida, em seu estagio inicial, não tem sintomatologia dolorosa e apresenta como outra característica importante a não cicatrização. Assim é importante que o paciente tenha consciência de que qualquer ferida na boca que não cicatriza em 14 dias deva ser examinada por um profissional.
 
Os locais mais comuns de câncer na boca são a língua (26%) e o lábio (23%), principalmente o inferior. Outros 16% são encontrados no soalho da boca e 11% nas glândulas salivares menores. O restante é encontrado nas gengivas e outros locais.

Saiba mais.

Veja também:

Home | DST | Câncer de Boca | Auto exame | Exames Complementares | Radioterapia | Quimioterapia | Patologias | Prof. Dr. Sérgio Kignel | A Clínica | Mídia | Contato

 
Desenvolvimento: Interpágina