busca


home | patologias | atendimento | contato

Variações de Normalidade

Toros e Exostoses

Os toros e exostoses são protuberâncias localizadas na maxila e/ou na mandíbula. Na maxila é evidenciada na linha mediana do palato, sendo que nessa região recebe o nome de toros palatinos. Esse tipo de toro é mais frequente no sexo feminino.

A segunda localização mais comum é na mandíbula, onde situa-se na face lingual da região de pré-molares e molares, sendo denominado nessa localização de toros mandibulares, afetando ambos os sexos igualmente.
 
Clinicamente se caracterizam por massa óssea revestida por mucosa normal.
 
As exostoses são excrecências ósseas múltiplas que ocorrem mais raramente que os toros. São nódulos ósseos assintomáticos, que estão presentes ao longo da face vestibular do osso alveolar. Essas alterações são notadas com maior frequência nas porções posteriores da maxila e mandíbula.
 
 
 
O tratamento dos toros e exostoses é desnecessário, a menos que seja exigido por questões protéticas ou tramas freqüentes à mucosa suprajacente.

Veja também:

Home | DST | Câncer de Boca | Auto exame | Exames Complementares | Radioterapia | Quimioterapia | Patologias | Prof. Dr. Sérgio Kignel | A Clínica | Mídia | Contato

 
Desenvolvimento: Interpágina